Moçambique e Tanzania retomam encontros de governadores

Share:

OS governadores das províncias Cabo Delgado e Niassa, em Moçambique, Mtwara, e Songueia, na Tanzânia, vão retomar encontros anuais de avaliação da situação sobre boa vizinhança e reforçar laços de cooperação nas áreas sociais, económicas e políticas, suspensas há cerca de cinco anos.

O anúncio neste sentido, foi feito pelo secretário de estado na província de Cabo Delgado, Armindo Ngunga, depois de ter recebido em audiência, na sexta-feira, o Alto-comissário da Tanzania, acreditado em Moçambique, Phaustine Kasike.

Falando aos jornalistas, Ngunga disse que as partes, comprometeram-se em tudo fazer para que, o mais rápido possível, sejam retomados as reuniões anuais dos governadores das províncias fronteiriças dos dois países, para, segundo explicou, consolidar os laços históricos e de irmandade que unem os respectivos povos, para além de estreitamento de cooperação nas áreas sociais, económicas, políticas e culturais.

Phaustine Kasike, indicado para cargo de Alto-comissário do seu país há cerca de seis meses, disse ter recebido orientações do seu governo, de restabelecer o mais rápido possível, os encontros periódicos acima mencionados.

A última reunião entre os governadores de Cabo Delgado, Niassa, em Moçambique, e Mtwara, Rovuma, na República Unida da Tanzania, teve lugar em Dezembro de 2016, na cidade de Pemba.


 

Sem comentários