Breaking News

Legalizada prisão de Helena Taipo


Foi, esta quinta-feira, legalizada a prisão de Maria Helena Taipo suspeita de ter recebido, indevidamente, 100 milhões de meticais do Instituto Nacional de Segurança Social, INSS, em 2014.
Helena Taipo, que foi ouvida esta quinta-feira, pelo Tribunal Judicial da cidade de Maputo, entrou por volta das 9 horas na sala da sexta sessão e só deixou o local às 17:30 minutos, sob escolta policial.

Interpelado pela imprensa à saída da sala de audição, o advogado da indiciada, Inácio Matsinhe, escusou-se a responder às questões dos jornalistas.
Foi também ouvido, e restituído a liberdade mediante o pagamento de uma caução de 850 mil meticais, Lúcio Sumbana, que também esteve detido por ser um dos empresários que supostamente pagou suborno à ex-dirigente.

Antes da sua detenção, Helena Taipo foi embaixadora de Moçambique, junto à República de Angola, um cargo que assumiu por um período de oito meses, até a data da sua exoneração no passado mês de Março.
Dirigiu o INSS no período de 2004 a 2014, tendo, supostamente se envolvido em esquemas de corrupção no último ano do seu mandato

Sem comentários